Total de visualizações de página

domingo, 30 de setembro de 2018

sábado, 29 de setembro de 2018

ACERN ESPORTES
29 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)







Dorival Junior chega a Salvador para iniciar trabalho no Flamengo sua apresentação será neste sábado (29)
O técnico foi anunciado na sexta (28) para substituir Mauricio Barbieri e chegou ao hotel da delegação nesta madrugada.  O Flamengo enfrenta o Bahia, hoje às 21h, na Fonte Nova


Foto Amanda Kestelman


Por Amanda Kestelman — Salvador
29/09/2018 
Dorival Junior já está em Salvador para dar o pontapé inicial em sua nova passagem no comando do Flamengo. O treinador, anunciado pelo clube nesta sexta, chegou à capital baiana no início da madrugada deste sábado. O técnico, no entanto, falará com a imprensa na coletiva de apresentação, às 9h30.

O nome do novo comandante rubro-negro já foi regularizado pelo clube e registrado no BID da CBF. Assim, Dorival já poderá estar na beira do gramado na Fonte Nova nesta noite. A equipe visita o Bahia, às 21h, pela 27ª rodada do Brasileirão.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

ACERN ESPORTES
28 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)







FINAL DA COPA DO BRASIL
CBF sorteia mandos e Corinthians faz segundo 
jogo da final da Copa do Brasil em casa


Troféu da Copa do Brasil — Foto: Marcelo Baltar



AlPor Leonardo Achão* e Marcelo Baltar — Rio de Janeiro
vinegro paulista decide o título contra o Cruzeiro em sua arena, e jogo da ida será realizado no Mineirão. Partidas acontecem nos dias 10 e 17 de outubro, às 21h45

Foto: Marcelo Baltar


A CBF sorteou na tarde desta segunda-feira (24) a ordem dos mandos de campo na final da Copa do Brasil 2018. O Corinthians decidirá o jogo da volta contra o Cruzeiro dentro de casa, em sua arena em São Paulo. A ida acontece no Mineirão. As partidas estão marcadas para os dias 10 e 17 de outubro, duas quartas-feiras, às 21h45.

Será a primeira vez nesta edição que a equipe mineira fará o segundo jogo fora de casa. Nas oitavas, contra o Atlético-PR, nas quartas, contra o Santos, e na semifinal, contra o Palmeiras, o Mineirão foi palco da partida de volta.

Jair Ventura e Mano Menezes, treinadores das equipes finalistas, marcaram presença no evento. E comentaram o resultado do sorteio.

- A melhor decisão é aquela que não pode mudar. Então essa foi a melhor decisão. Estamos felizes com o resultado. Agora vamos decidir em casa - resumiu o comandante alvinegro.

- Diferente do ano passado, vamos decidir fora de casa. Vamos tentar fazer um bom primeiro jogo e buscar o título fora - declarou o técnico cruzeirense, que chega pela segunda vez na carreira a duas finais de Copa do Brasil consecutivas. A primeira foi no comando do Corinthians, em 2008/2009.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

ACERN ELEIÇÕES
27 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


CLUBE MILITAR CHAMA PODER JUDICIÁRIO DE  CORPORATIVISTA E DESTOADO  DA REALIDADE 


Irineu Machado, gerente-geral de Notícias
O Poder Judiciário é "corporativista e destoado da realidade brasileira, causando incerteza jurídica e sensação de impunidade" e o Brasil tem uma elite empresarial e política "medíocre e empobrecida moralmente, aceitando placidamente o abastardamento de nossa cultura, revelando descaso com o rumo do país". Essas colocações são alguns trechos do documento "Por um Brasil Melhor", divulgado nesta semana pelo Clube Militar, entidade que tem ligação com integrantes da candidatura do presidenciável Jair Bolsonaro. A carta aberta do Clube Militar é dividida em duas partes: uma de diagnóstico sobre a conjuntura do Brasil e outra de medidas a serem adotadas, conta o repórter Rodrigo Mattos.

Dos candidatos à Presidência convidados para o debate realizado ontem à noite por UOL, Folha e SBT, Jair Bolsonaro, que está internado, foi a única ausência. O debate foi quente. Se você perdeu, separamos trechos de vídeos de todos os embates entre os presidenciáveis e as respostas deles às perguntas dos jornalistas. Nossa redação preparou também uma coleção de frases do debate.

Veja também a checagem do que os candidatos falaram no debate, no UOL Confere.

Em julgamento concluído também na noite de ontem, o Supremo Tribunal Federal decidiu manter cancelados os títulos de 3,4 milhões de eleitores que não fizeram a revisão cadastral na Justiça Eleitoral.
Fonte: Giro UOL

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

ACERN ELEIÇÕES
26 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)



DE OLHO NO SEGUNDO TURNO PRESIDENCIÁVEIS AMPLIAM ATAQUES MAS POUPAM BOLSONARO




O debate UOL, Folha e SBT com oito candidatos à Presidência da República refletiu nesta quarta-feira (26) a briga apontada nas pesquisas de intenção de voto por uma vaga no segundo turno e viu ampliar o tom ácido nos embates entre os rivais. Líder nas pesquisas de intenção de voto, Jair Bolsonaro (PSL), ausente no evento, foi quase ignorado pelos adversários. 
Internado após um ataque a faca sofrido no último dia 6, durante agenda em Juiz de Fora (MG), Bolsonaro não compareceu. Ciro Gomes (PDT), que passou por um procedimento cirúrgico na próstata nesta terça (25), seguiu direto do hospital Sírio Libanês, na capital paulista, para os estúdios da emissora, em Osasco (Grande SP). Além do pedetista, participaram do evento Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).




GLEISI CONTRARIA HADDAD E DEFENDE INDULTO A LULA



(Img.WEB)

Irineu Machado, gerente-geral de Notícias
Em entrevista exclusiva aos repórteres do UOL Luiz Alberto Gomes e Nathan Lopes, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse não ver "problema nenhum" em uma eventual concessão de indulto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tirando-o da prisão. O candidato do partido à Presidência da República, Fernando Haddad, disse antes que, caso eleito, não vai conceder o indulto. "Vamos respeitar a decisão do presidente. Se ele não quer, nós vamos aceitar. Mas não haveria problema nenhum em fazê-lo”, disse Gleisi, que vê Lula foi "alvo de perseguição". "Por que o Lula está preso? Para não ser candidato a presidente, para não governar de novo esse país. É uma sacanagem isso", afirmou.


Fonte: Giro UOL


terça-feira, 25 de setembro de 2018

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

ACERN ECONOMIA E POLÍTICA
24 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern



ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)

PESQUISA IBOPE MOSTRA BOLSONARO COM 28% E HADDAD COM 22%

(Img.WEB)

Por: Irineu Machado, gerente-geral de Notícias

Pesquisa do instituto Ibope divulgada na noite desta segunda-feira traz Jair Bolsonaro (PSL) estacionado com 28% das intenções de voto e Fernando Haddad (PT) subindo três pontos em relação à pesquisa anterior, chegando agora a 22%.

Pouco antes da divulgação da pesquisa, com o mercado ainda afetado pelos desdobramentos da campanha eleitoral para a Presidência e investidores atentos à divulgação de pesquisas de intenção de voto, o dólar voltou a subir, depois de três quedas seguidas. A cotação comercial da moeda norte-americana fechou a segunda-feira valendo R$ 4,088 na venda. O Ibovespa teve a maior queda em quase duas semanas, com desvalorização de 1,84%.

Quem assumiu a Presidência temporariamente nesta segunda-feira foi o ministro José Antonio Dias Toffoli (presidente do Supremo Tribunal Federal), devido a uma viagem do presidente Michel Temer ao exterior. Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, Dias Toffoli fez discurso falando em valorizar a política e o Congresso Nacional, citando que são "fundamentais para a democracia". Toffoli já havia falado em respeito à democracia em entrevista publicada hoje pela Folha de S.Paulo, em que ele afirmou que qualquer resultado das urnas será respeitado.

Sobre a entrevista do ministro, o jornalista Leonardo Sakamoto, blogueiro do UOL, dá sua visão: "Quando o STF diz que as urnas serão respeitadas, é porque a democracia já encolheu". O candidato Jair Bolsonaro, líder nas pesquisas para presidente, prepara um "manifesto à Nação" sobre democracia, misoginia e racismo.




domingo, 23 de setembro de 2018

ACERN ECONOMIA
23 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern



ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


CANDIDATOS NÃO PODERÃO SER PRESOS ATÉ O DIA DA ELEIÇÃO

(Img.WEB)


A partir de hoje -sábado), (22), nenhum dos candidatos às eleições deste ano poderá ser preso ou detido, a menos que seja flagrado cometendo crime. A chamada imunidade eleitoral de candidatos está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965) e começa a valer 15 dias antes da eleição (7 de outubro).

A imunidade garante ao candidato o direito ao pleno exercício da democracia, impedindo que ele seja afastado da disputa eleitoral por prisão ou detenção que possa ser posteriormente revista.

— Na verdade, é uma forma de garantir a normalidade das eleições. Antigamente era comum a autoridade policial estar a serviço de determinada candidatura e fazer prisões arbitrárias para impedir que eleitores apoiassem opositores. Por isso, essa garantia eleitoral se estabelece em torno não só dos candidatos, mas até mesmo dos eleitores — explica o advogado eleitoral e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Eduardo Alckmin.

Ele esclarece ainda que, mesmo em caso de prisão ou detenção por flagrante delito, o candidato continuará na disputa, uma vez que a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010) proíbe apenas candidaturas de pessoas condenadas em segunda instância por órgão colegiado (tribunal).

— Enquanto ele não for condenado, ele está elegível. Uma mera prisão preventiva, antes de uma condenação de órgão colegiado de segundo grau, não impede que ele continue a concorrer com os demais candidatos — acrescenta Alckmin.


Neste ano, mais de 27 mil candidatos concorrem aos oito cargos eletivos: Presidência da República e vice, governador e vice, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas, além das duas vagas para o Senado.


Fonte: Senado Notícias

sábado, 22 de setembro de 2018

ACERN ECONOMIA
22 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern

DÓLAR ATINGE VALOR MAIS BAIXO
 EM UM MÊS MAS CONTINUA 
ACIMA DE QUATRO REAIS

(Img. WEB)


Por: Irineu Machado, gerente-geral de Notícias
A semana termina com um alívio no mercado financeiro. O dólar parou de subir e fechou no nível mais baixo em um mês, mas ainda acima de R$ 4. A moeda encerrou a sexta-feira a R$ 4,048 na cotação comercial, menor valor desde 21 de agosto. A Bovespa acumulou alta de 5,3% na semana. A principal influência para a queda do dólar hoje vieram do exterior, com as Bolsas dos Estados Unidos em máximas históricas. Segundo analistas, porém, continua pesando no mercado a leitura do cenário eleitoral no Brasil, que é o principal fator de pressão no valor do dólar nas últimas semanas. Outro dado positivo divulgado nesta sexta mostra que o Brasil criou 110.431 vagas de trabalho com carteira assinada em agosto. Este é o melhor resultado para o mês desde 2013.

Fonte: Giro UOL






ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


CANDIDATOS NÃO PODERÃO SER PRESOS ATÉ O DIA DA ELEIÇÃO

(Img.WEB)


A partir de hoje -sábado), (22), nenhum dos candidatos às eleições deste ano poderá ser preso ou detido, a menos que seja flagrado cometendo crime. A chamada imunidade eleitoral de candidatos está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965) e começa a valer 15 dias antes da eleição (7 de outubro).

A imunidade garante ao candidato o direito ao pleno exercício da democracia, impedindo que ele seja afastado da disputa eleitoral por prisão ou detenção que possa ser posteriormente revista.

— Na verdade, é uma forma de garantir a normalidade das eleições. Antigamente era comum a autoridade policial estar a serviço de determinada candidatura e fazer prisões arbitrárias para impedir que eleitores apoiassem opositores. Por isso, essa garantia eleitoral se estabelece em torno não só dos candidatos, mas até mesmo dos eleitores — explica o advogado eleitoral e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Eduardo Alckmin.

Ele esclarece ainda que, mesmo em caso de prisão ou detenção por flagrante delito, o candidato continuará na disputa, uma vez que a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010) proíbe apenas candidaturas de pessoas condenadas em segunda instância por órgão colegiado (tribunal).

— Enquanto ele não for condenado, ele está elegível. Uma mera prisão preventiva, antes de uma condenação de órgão colegiado de segundo grau, não impede que ele continue a concorrer com os demais candidatos — acrescenta Alckmin.


Neste ano, mais de 27 mil candidatos concorrem aos oito cargos eletivos: Presidência da República e vice, governador e vice, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas, além das duas vagas para o Senado.


Fonte: Senado Notícias

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

ACERN ELEIÇÕES
21 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)



CONCLUSÃO DA INVESTIGAÇÃO DO ATAQUE A BOLSONARO PODE SAIR ÀS VÉSPERAS DO PRIMEIRO TURNO 


(Img.WEB)

Irineu Machado, gerente-geral de Notícias

A Polícia Federal pediu nesta quinta-feira um prazo maior para encerrar as investigações sobre o ataque ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), que foi atingido por uma facada em Juiz de Fora (MG). A PF quer mais 15 dias para terminar a apuração do caso. Com isso, pode ser que a divulgação da conclusão das investigações seja feita nos últimos dias da campanha eleitoral, às vésperas do primeiro turno da eleição de 7 de outubro.
Fonte: Giro UOL

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

quarta-feira, 19 de setembro de 2018