Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

domingo, 23 de setembro de 2018

ACERN ECONOMIA
23 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern



ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


CANDIDATOS NÃO PODERÃO SER PRESOS ATÉ O DIA DA ELEIÇÃO

(Img.WEB)


A partir de hoje -sábado), (22), nenhum dos candidatos às eleições deste ano poderá ser preso ou detido, a menos que seja flagrado cometendo crime. A chamada imunidade eleitoral de candidatos está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965) e começa a valer 15 dias antes da eleição (7 de outubro).

A imunidade garante ao candidato o direito ao pleno exercício da democracia, impedindo que ele seja afastado da disputa eleitoral por prisão ou detenção que possa ser posteriormente revista.

— Na verdade, é uma forma de garantir a normalidade das eleições. Antigamente era comum a autoridade policial estar a serviço de determinada candidatura e fazer prisões arbitrárias para impedir que eleitores apoiassem opositores. Por isso, essa garantia eleitoral se estabelece em torno não só dos candidatos, mas até mesmo dos eleitores — explica o advogado eleitoral e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Eduardo Alckmin.

Ele esclarece ainda que, mesmo em caso de prisão ou detenção por flagrante delito, o candidato continuará na disputa, uma vez que a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010) proíbe apenas candidaturas de pessoas condenadas em segunda instância por órgão colegiado (tribunal).

— Enquanto ele não for condenado, ele está elegível. Uma mera prisão preventiva, antes de uma condenação de órgão colegiado de segundo grau, não impede que ele continue a concorrer com os demais candidatos — acrescenta Alckmin.


Neste ano, mais de 27 mil candidatos concorrem aos oito cargos eletivos: Presidência da República e vice, governador e vice, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas, além das duas vagas para o Senado.


Fonte: Senado Notícias

sábado, 22 de setembro de 2018

ACERN ECONOMIA
22 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern

DÓLAR ATINGE VALOR MAIS BAIXO
 EM UM MÊS MAS CONTINUA 
ACIMA DE QUATRO REAIS

(Img. WEB)


Por: Irineu Machado, gerente-geral de Notícias
A semana termina com um alívio no mercado financeiro. O dólar parou de subir e fechou no nível mais baixo em um mês, mas ainda acima de R$ 4. A moeda encerrou a sexta-feira a R$ 4,048 na cotação comercial, menor valor desde 21 de agosto. A Bovespa acumulou alta de 5,3% na semana. A principal influência para a queda do dólar hoje vieram do exterior, com as Bolsas dos Estados Unidos em máximas históricas. Segundo analistas, porém, continua pesando no mercado a leitura do cenário eleitoral no Brasil, que é o principal fator de pressão no valor do dólar nas últimas semanas. Outro dado positivo divulgado nesta sexta mostra que o Brasil criou 110.431 vagas de trabalho com carteira assinada em agosto. Este é o melhor resultado para o mês desde 2013.

Fonte: Giro UOL






ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


CANDIDATOS NÃO PODERÃO SER PRESOS ATÉ O DIA DA ELEIÇÃO

(Img.WEB)


A partir de hoje -sábado), (22), nenhum dos candidatos às eleições deste ano poderá ser preso ou detido, a menos que seja flagrado cometendo crime. A chamada imunidade eleitoral de candidatos está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737, de 1965) e começa a valer 15 dias antes da eleição (7 de outubro).

A imunidade garante ao candidato o direito ao pleno exercício da democracia, impedindo que ele seja afastado da disputa eleitoral por prisão ou detenção que possa ser posteriormente revista.

— Na verdade, é uma forma de garantir a normalidade das eleições. Antigamente era comum a autoridade policial estar a serviço de determinada candidatura e fazer prisões arbitrárias para impedir que eleitores apoiassem opositores. Por isso, essa garantia eleitoral se estabelece em torno não só dos candidatos, mas até mesmo dos eleitores — explica o advogado eleitoral e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Eduardo Alckmin.

Ele esclarece ainda que, mesmo em caso de prisão ou detenção por flagrante delito, o candidato continuará na disputa, uma vez que a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010) proíbe apenas candidaturas de pessoas condenadas em segunda instância por órgão colegiado (tribunal).

— Enquanto ele não for condenado, ele está elegível. Uma mera prisão preventiva, antes de uma condenação de órgão colegiado de segundo grau, não impede que ele continue a concorrer com os demais candidatos — acrescenta Alckmin.


Neste ano, mais de 27 mil candidatos concorrem aos oito cargos eletivos: Presidência da República e vice, governador e vice, Câmara dos Deputados e assembleias legislativas, além das duas vagas para o Senado.


Fonte: Senado Notícias

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

ACERN ELEIÇÕES
21 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)



CONCLUSÃO DA INVESTIGAÇÃO DO ATAQUE A BOLSONARO PODE SAIR ÀS VÉSPERAS DO PRIMEIRO TURNO 


(Img.WEB)

Irineu Machado, gerente-geral de Notícias

A Polícia Federal pediu nesta quinta-feira um prazo maior para encerrar as investigações sobre o ataque ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), que foi atingido por uma facada em Juiz de Fora (MG). A PF quer mais 15 dias para terminar a apuração do caso. Com isso, pode ser que a divulgação da conclusão das investigações seja feita nos últimos dias da campanha eleitoral, às vésperas do primeiro turno da eleição de 7 de outubro.
Fonte: Giro UOL

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

terça-feira, 18 de setembro de 2018

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

domingo, 16 de setembro de 2018

sábado, 15 de setembro de 2018

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

ACERN JUSTIÇA
14 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern
TOFFOLI TOMA POSSE COMO PRESIDENTE MAIS JOVEM DO STF

Dias Toffoli em sessão do STF 4/4/2018 REUTERS/Adriano Machado Foto: Reuter
O ministro Dias Toffoli tomou posse ontem (13) como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), que comandará pelos próximos dois anos. Aos 50 anos, Toffoli é o mais jovem ministro a presidir o STF desde o Império e sucederá a ministra Cármen Lúcia, cuja presidência foi marcada por turbulências e casos polêmicos que aprofundaram as divisões internas da Corte.
Fonte: Terra Notícias


ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)



quinta-feira, 13 de setembro de 2018

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

ACERN POLÍTICA
12 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern
JOGOS AMISTOSOS DA 
SELEÇÃO BRASILEIRA

USA  0X2  BRASIL
07.09.2018 DOMINGO

BRASIL 4X0  EL SALVADOR
11.09.2018 TERÇA FEIRA

TÉCNICO TITE NOVAMENTE  NO COMANDO



ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)


PT ANUNCIA CANDIDATURA DE FERNANDO HADDAD À PRESIDÊNCIA NO LUGAR DE LULA 




FERNANDO HADDAD (Img.WEB)

Decisão foi anunciada nesta terça-feira (11), em Curitiba, no último dia do prazo dado pelo TSE para o partido definir o substituto do ex-presidente. Candidatura de Haddad foi registrada em Brasília no início da noite.
Fonte: G1

terça-feira, 11 de setembro de 2018

ACERN ESPORTES
11 DE DE SETEMBRO DE 2018
acesse nosso site.


 www.suaradioonline.com/search-radio/radio%20acern
JOGOS AMISTOSOS DA 
SELEÇÃO BRASILEIRA

USA  0X2  BRASIL
07.09.2018 DOMINGO

BRASIL 4X0  EL SALVADOR
11.09.2018 TERÇA FEIRA

TÉCNICO TITE NOVAMENTE  NO COMANDO

11 DE SETEMBRO 
17 CURIOSIDADES SOBRE O 
ATENTADO ÀS TORRES GÊMEAS  
USA
foto: Hubert Michael Boesl/ AFP
O 11 de setembro de 2001 datou o maior ataque terrorista já sofrido pelos Estados Unidos da América. Às 8h46min, o primeiro avião colidiu com uma das torres do World Trade Center (WTC), em Nova York. Cerca de 20 minutos depois, outra aeronave chocou-se contra a segunda torre da estrutura, começando a eliminar a possibilidade de acidente aéreo. Após mais alguns minutos, o terceiro avião atingiu o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA, que fica próximo a Washington D.C., capital do País. 


Junto à fumaça, à poeira e ao fogo, algumas pessoas corriam em desespero pelas ruas de Nova York, enquanto outras se atiravam pelas janelas dos prédios para escapar das chamas. Às 10h30min, as Torres Gêmeas do WTC estavam completamente desmoronadas.  

Ao todo, quase 3 mil pessoas morreram, incluindo todos os passageiros das quatro aeronaves, bombeiros, funcionários do Pentágono, muitas pessoas que trabalhavam no WTC e os 19 terroristas. De acordo com investigações, o grupo responsável pela ação foi o Al Qaeda. Comandados por Osama bin Laden, os integrantes da organização terrorista islâmica sequestraram os aviões para dar início ao atentado. 

Hoje, 17 anos após o ataque às Torres Gêmeas, relembre e descubra peculiaridades que permeiam uma das maiores tragédias vividas nos EUA. 

1. A quarta aeronave 
A quarta aeronave, que estaria destinada ao Capitólio (casa do poder legislativo americano), caiu em uma área rural do estado da Pensilvânia antes de atingir o alvo, após os passageiros tentarem retomar o controle do transporte. 

O Coordenador do MBA em relações governamentais do Mackenzie Márcio Coimbra, explica que o avião não atingiu o alvo em decorrência de um atraso de 20 minutos na decolagem. “O plano era que todos os aviões colidissem com os alvos ao mesmo tempo para gerar maior sensação de pânico. Depois que os três primeiros caíram, passageiros da quarta aeronave foram avisados do sequestro e, então, reagiram”, detalha. De acordo com ele, as vítimas invadiram a cabine e, inclusive, houve luta corporal com os terroristas, que optaram por derrubar a máquina prematuramente. 

2. Número de terroristas 
No total, 20 terroristas participariam do atentado, distribuídos em 5 para cada aeronave. O quarto avião (curiosidade nº 1), entretanto, estava desfalcado. Marcio Coimbra explica que o quinto integrante não embarcou. Zacarias Moussaoui foi capturado e está preso até hoje, único envolvido sobrevivente. 
3. Horário dos desmoronamentos 
A torre norte foi a primeira atingida, às 8h46min. No entanto, a torre sul, atingida às 9h03, foi a primeira a desmoronar, às 9h59min. Coimbra explica que a razão do desmoronamento prematuro foi o local da torre que cada avião atingiu, no centro da torre sul e em cima na torre norte. “A torre sul, por ter sido atingida no meio, foi pressionada pelos andares de cima e caiu mais rápido”, esclarece. A torre norte desmoronou às 10h28min.  
4. Escala richter
De acordo com o coordenador de relações internacionais, a queda das Torres causou uma sensação de abalo sísmico de aproximadamente 2.4 na escala richter na região. 

5. Terceiro desmoronamento 
No mesmo dia, por voltas das 17 horas, outro prédio do WTC caiu. O Building 7, de 47 andares, não foi atingido por nenhum dos aviões, mas teve a estrutura prejudicada com o abalo do desabamento das Torres Gêmeas. 
foto: AFP/ 2004

6. Vítimas 
No total, considera-se que 2.753 pessoas morreram no atentado. Destas, 343 eram bombeiros, 23 eram policiais e 37 eram oficiais do porto de Nova York. O número total continuou crescendo no decorrer dos anos, atribuindo ao número de vítimas fatais pessoas que faleceram posteriormente em decorrência da exposição da fumaça e da poeira do dia.

7. Nacionalidade das vítimas 
Faleceram pessoas de 80 nacionalidades diferentes. Do número total de mortos, 372 eram estrangeiros. 

8. Certidões de óbito 
2.749 certidões de óbito foram emitidas, mas somente 1.585 vítimas tiveram seus corpos identificados.



Foto: Doug Kanter/ AFP
9. Corpos intactos 
Mesmo que 41% dos mortos nunca tenham tido seus corpos identificados, 291 foram recuperados completamente intactos nas Torres. 

10. Cessar fogo
Todo o fogo causado pelas colisões só foi completamente apagado dia 19 de dezembro de 2001, 99 dias após o atentado.

11. Limpeza
A limpeza da região só acabou em maio de 2002, oito meses após os ataques.
foto 3: Doug Kanter/ AFP
12. Pentágono 
O avião destinado ao Pentágono acertou o alvo às 9h37min. De acordo com Coimbra, todas as pessoas que trabalhavam no setor atingido pelo avião foram mortas, com exceção de uma única, que estava viajando a trabalho. No entanto, essa pessoa também acabou morrendo, pois coincidentemente, estava em um dos aviões sequestrados que colidiram nas Torres. 

13. Dia do Número da Emergência 
Em 1987, o então presidente dos EUA, Ronald Reagan, declarou a data 11 de setembro como o Dia do Número de Emergência, com o intuito de chamar atenção para o número 911, usando para situações emergenciais no País. 
Foto: Alex Fuchs/ AFP

15. Reunião para discutir ataques terrorista
Em 11 de setembro de 2001, a empresa proprietária do WTC tinha reunião agendada em uma das Torres para discutir o que fazer em caso de ataque terrorista. O encontro foi remarcado no dia anterior, entretanto, porque um participante não poderia comparecer. A informação é do New York Times.

16. Atentado ao WTC em 1993
O WTC já havia sido alvo de atentado em 1993. Na época, um veículo foi explodido no estacionamento subterrâneo do complexo, deixando seis mortos e cerca de mil feridos. A intenção era derrubar o prédio. De acordo com o portal alemão Deutsche Welle, os construtores do WTC comemoraram, na época, que o complexo aguentaria até mesmo uma colisão com um Boeing 707. 

17. Prejuízo financeiro
Os danos causados pelos ataques somaram um prejuízo de 60 bilhões dólares aos Estados Unidos.
14. Departamento de Segurança Interna

Após os ataques, o governo dos EUA criou o 15º departamento de Segurança Interna, de acordo com Coimbra. O setor foi uma reorganização do governo, realocando alguns órgãos que estavam dispersos em outros departamentos. O objetivo era facilitar o compartilhamento de informações entre os órgãos.
Fonte: O POVO Pline 

ELEIÇÕES 2018



(Img. WEB)